Atendimento (21) 4063-4245 (11) 3522-8508 De SEGUNDA a SEXTA
8:00 às 12:00
13:30 às 18:00

Sobre Lençóis

Entendendo a diferença entre os tipos de lençóis

A quantidade de fios, a espessura da fibra, a abertura da trama (como estão entrelaçados os fios) e o tratamento dado ao tecido são as características mais importantes que determinam a qualidade e também a diferenciação dos preços entre os diversos lençóis disponíveis no mercado.

Quando se diz que um tecido tem 180, 300 ou 800 fios, por exemplo, isso significa que para confeccionar uma polegada quadrada deste tecido foi utilizada na sua trama essa quantidade de fios. Na prática, quanto mais fios tem um tecido, mais gostoso e sedoso ele fica.

Os lençóis mais conhecidos são:

- Lençol de microfibra: A microfibra é um fio sintético, extremamente fino, geralmente de poliéster, náilon ou acrílico, derivado do petróleo. Propicia características como: Toque agradável, respirabilidade, isolamento térmico, durabilidade, resistência e secagem rápida.

- Lençol "100% algodão": Geralmente quando não há referência ao número de fios e um lençol é dito como "100% algodão", é porque ele não tem componentes sintéticos e contém 150 fios na sua confecção. Ele é macio, mesmo tendo poucos fios na sua trama, é antialérgico, como todos os lençóis feitos com algodão puro, e seu preço é baixo, se comparado aos outros lençóis de algodão puro.

- Lençol de percal: É denominado percal o lençol feito a partir de 180 fios. Ele pode ser 100% algodão (puro) ou 50% algodão e 50% poliéster (misto). Com a mistura do poliéster, o preço diminui. É mais fácil passá-lo, pois não amassa muito, por outro lado, em pouco tempo você observará aquelas bolinhas indesejáveis no tecido. Outro inconveniente do tecido misto é que ele pode dar aquela sensação de "pinicar" a nossa pele e é mais quente do que o de algodão puro. O percal puro, é um ótimo tecido, é o mais comum de encontrar e sua qualidade é proporcional ao nr de fios.

- Lençol de malha: A malha também é feita com 100% de algodão. A diferença está apenas na trama dos fios. A principal vantagem é que não precisa passar esse tipo de lençol. Ele também não forma bolinhas e é antialérgico. É uma ótima opção para a roupa de cama das crianças, pois é bastante macio.

- Lençol de algodão egípcio: O algodão egípcio se tornou famoso recentemente. Ele é considerado o algodão mais fino e elegante que existe, em função das suas fibras longas, macias e resistentes. Os lençóis deste algodão têm um preço mais elevado, porém duram muitos anos, ficando cada vez mais macios.

- Lençol de seda: A seda é um tecido natural, mas retém calor. Por isso, é aconselhável usá-lo nos dias frios ou com o ar condicionado ligado. Por ser feito com um tecido nobre, o lençol de seda geralmente tem um preço mais elevado.

- Lençol de cetim: O cetim também é um tecido nobre, feito a partir da seda, mas com tramas bem fechadas. O lençol de cetim geralmente tem seu preço menor do que o de seda, mas também tem o toque macio.

- Lençol de linho: Assim como a seda, o linho retém calor, principalmente se estiver engomado. A goma deixa o lençol "duro" inicialmente, mas conforme o seu uso, a goma vai saindo e ele fica mais macio. Seu preço também é alto, pois é um tecido nobre.